Countdown

Hoje eu inicio uma das minhas contagens regressivas: agora, tenho apenas quatro semanas de aula pela frente. Pra quem já fez intercâmbio, imagino que tenha sentido o mesmo. O peso de ter que acordar cedo todos os dias, pegar o caminho em direção à escola, sentar por horas para estudar a mesma coisa: INGLÊS.

E estar tão ansiosa pelo fim das aulas me faz refletir o quão importante é a escolha da escola.

Eu, particularmente, optei pela Griffith College Cork, uma universidade, que tem a sede em Dublin e mais um campus em Limerick. Quando fui à agência e já tinha optado por vir para Cork, a minha consultora me apresentou as duas opções com que eles trabalhavam por aqui: a Cork English Academy (CEA) e a Griffith (GCC). Olhando um dos panfletos da Griffith, vi que eles tinham uma opção de curso com a carga horária de 20h semanais em que eu ainda poderia optar por uma aula eletiva de Linguagem do Jornalismo. Logo pensei: seria esse meu sonho?

p_20160908_193117
Griffith College Cork: quando me deparei com essa arquitetura, fiquei impressionada!

A minha consultora entrou em contato com a escola e eles disseram que o curso estava disponível. Uhuuuu! Era esse mesmo o que eu queria.

Porém logo me deparei com minha primeira decepção com a escola. Quando cheguei em Cork, depois de ter pago pelo curso de 20h, descobri que aqui eles apenas oferecem o curso de 15h semanais. Depois de alguns meses, eu recebi o dinheiro de volta na minha conta bancária.

Mas, como eu disse, essa foi minha primeira decepção com a escola. Infelizmente, eu me deparei com uma administração um pouco bagunçada. A cada mudança de nível, os estudantes precisam apagar o livro e devolvê-lo para ter acesso ao seguinte. Isso a gente até “entende” porque não é a primeira vez que vejo uma escola fazer isso apesar de achar meio ruim ter que devolver o livro depois da quantidade de dinheiro que a gente paga.

Outra questão é a divisão de níveis. Eu e minha turma terminamos o livro do Advanced no final de outubro. Naquele momento, não avançamos para o Proficiency por não estarmos ao nível dessa turma. Mas fomos os únicos a não avançar. O ano mudou e eles inventaram o Advanced/ Proficiency, mas não separaram os alunos e ainda adicionaram novos! Ou seja, na minha sala, ainda hoje, tem gente que realmente deveria estar na proficiência e gente que acabou de terminar o Upper Intermediate. Eu e meus colegas já reclamamos diversas vezes para a diretora do curso, mas ela sempre responde com a mesma pergunta: “no que isso está atrapalhando o seu aprendizado?”.

Infelizmente, isso tem atrapalhado sim, porque me sinto frustrada e com meus esforços não reconhecidos. E acaba que isso tem me desmotivado muito.

Por outro lado, não posso ser injusta e tenho que dizer que os professores contratados pela escola são sim preparados e dão boas aulas, independentemente da falta de suporte.

Apesar desses probleminhas com a escola, essa viagem toda tem sido um sonho pra mim e, mesmo um pouco desmotivada com os estudos, a vontade de viver aqui é enorme!

No fim das contas, meu recado para quem ainda está programando seu intercâmbio é que, além de pesquisar, entre em contato com quem vive a realidade da escola. Acredito que essa seja a melhor forma de saber o que esperar e não cair numa CILADA, BINO!.

binogrande-41071-300x184

Advertisements

2 thoughts on “Countdown”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s